Travesti é morta a facadas dentro de casa após bebedeira e consumo de cocaína

março 31, 202012:02 pm
O autor confessou o crime e disse que matou porque a travesti incorporou a ‘pomba gira’ e ameaçou matar a mãe dele. – Foto: Cido Costa

Foi morto a facadas na madrugada desta terça-feira (31), Rodrigo Júnior Dias de Alcântara, de 34 anos, conhecido como “Jennifer”.

De acordo com informações, o acusado do crime, Fábio Barbosa dos Santos, de 26 anos, conhecido como ‘Fabinho’, confessou o crime, que aconteceu na Rua Augusto de Matos Soares, próximo da Escola Sócrates Câmara.

O acusado relatou que, por volta das 2h30, os dois estavam tomando pinga e usando cocaína na casa da vítima, quando a travesti teria ameaçado matar a mãe dele, depois de ter “incorporado a pomba gira”. Depois, ainda segundo o acusado, começaram a discutir e “Jennifer” teria agredido ele no pescoço.

Para se defender, Fabio contou que pegou uma faca e desferiu mais de sete golpes no pescoço da vítima. Após o crime, ele ligou para Polícia Militar e contou que havia matado Rodrigo Júnior Dias de Alcântara.

A Polícia Civil e Polícia Militar estiveram no local. Fábio confessou o crime e entregou a faca utilizada no crime.

Ele foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Dourados.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários