Theo Becker ataca Record TV após escalação de Dudu Azevedo para papel de Jesus

abril 13, 20181:44 pm

O ator Theo Becker tem mostrado interesse no papel de Jesus desde que a Record anunciou a produção de uma novela para contar a história de vida do ícone religioso. Nesta semana, no entanto, a emissora escolheu Dudu Azevedo para viver o personagem, causando revolta do artista gaúcho.

Não estarei nessa produção. Desejo sucesso, pois quando a ira fúria do público vir à tona não quero estar na pele de ninguém envolvido. Vou para outra produção, teatro, YouTube e ser feliz, a perda não será minha, a estreia vai ser menor que de Apocalipse e na terceira semana (vai dar) 8 pontos (no Ibope)”, publicou Theo no Twitter.

Em outra publicação, ele afirmou ser “perseguido” por um diretor artístico da emissora. “Nem teste eu fiz. Depois de toda entrega por dias e madrugadas estudando, está na hora de eu me valorizar um pouco e tirar meu time de campo onde não sou bem-vindo desde que Herval Rossano faleceu e um novo diretor que chegou depois de mim me persegue até hoje comandando a todos”, concluiu o ator, que estreou na Record na novela A escrava Isaura (2004). Ele apagou as mensagens alguns minutos depois.

Para viver o Filho de Deus nas telinhas, o ator emagreceu mais de 10kg e manifestou interesse em mudar sua imagem intensamente. O maior exemplo disso foi a alteração no nome artístico, passando a assinar Theo Becker de Oliveira. O gaúcho ficou marcado por sua participação na primeira temporada de A fazenda, em 2009, em que mostrou comportamento agressivo.

Dudu Azevedo, por sua vez, publicou um texto enigmático sobre o novo desafio no Instagram: “Quando somos creditados a um grande desafio nos deparamos com muitas questões. Essas nos levam aos seus desdobramentos. Sentimentosinsegurançasestados emocionais e de espírito. Na maioria das vezes não estamos totalmente prontos para os desafios aos quais somos designados. Mas antes de aceitar qualquer desafio é preciso querer. Esse é o primeiro e essencial passo“.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários