Suspeito de estuprar menina de 2 anos em Anastácio morre no presídio

abril 11, 201912:35 pm
Presídio em Dois Irmãos do Buriti.

Erasmo Benites Filho, 51 anos, preso pela Polícia Militar no dia 23 de março, suspeito de abusar sexualmente da sobrinha-neta de apenas 2 anos em Anastácio, foi encontrado morto na cela em que se encontrava preso, no Presídio de Dois Irmãos do Buriti, na madrugada da última terça-feira (09).

Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário,  confirmou o fato e informou que o custodiado passou mal e os agentes penitenciários foram acionados pelos dois companheiros de cela, mas não resistiu e acabou falecendo.

Ainda de acordo com a Agepen, Erasmo não tinha sinais de agressão e a suspeita é de que ele tenha morrido de parada cardíaca, mas o órgão aguarda o laudo médico para confirmação da causa da morte.

O caso

Quase 24 horas após registro de ocorrência por estupro de vulnerável contra uma menina de apenas 2 anos, equipe da Força Tática da Polícia Militar prendeu na madrugada de sábado, 23 de março, um homem de 51 anos. O suspeito é tio avô da criança.

De acordo com informações, na noite de quinta-feira (21) a mãe da vítima precisou sair e deixou a criança sob os cuidados de uma parente. Como mora na mesma casa que o tio, o homem disse a cuidadora que olharia a menor. Quando a mãe retornou, a menina se queixou de dores e a mulher procurou a Delegacia de Polícia.

A menina passou por exame de corpo de delito com uma médica legista, onde foi constatado que os ferimentos seriam provenientes de abuso. A mãe então contou que o tio teria ficado com a filha na noite de quinta-feira. Ainda de acordo com informações, o homem tomou conhecimento que o abuso teria sido descoberto e estaria planejando fugir para o Estado de São Paulo, onde tem parentes.

A Polícia Civil então pediu apoio da Polícia Militar para ação conjunta localizar o suspeito. A Força Tática em diligências próximo a residência no início da madrugada de sábado, flagrou o homem retornando ao local, momento em que todos dormiam. Foi dada voz de prisão e o acusado foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Anastácio.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários