Sejusp faz balanço da operação Carnaval que aponta redução de mais de 28% da criminalidade em MS

março 7, 20199:28 pm
Foto: Clovis Neto

Dados estatísticos da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) divulgados nesta quinta-feira (7.3), por meio da Superintendência de Inteligência de Segurança Pública (Sisp), apontam uma redução de mais 28% dos índices de criminalidade durante o período de Carnaval em Mato Grosso do Sul. No ano de 2018 foram registradas 1.389 ocorrências, enquanto em 2019 houve 994 casos.

O destaque neste Carnaval está relacionado à queda dos crimes violentos, no caso dos homicídios culposos no trânsito, por exemplo, foi de 80%, sendo contabilizada apenas uma morte.  Quanto ao homicídio doloso em 2018 foram 15 casos e neste ano cinco, isso representa uma redução de 66,7%.

Para ser ter uma ideia em seis dias de folia a Sejusp também contabilizou uma queda significativa dos crimes contra o patrimônio. Ao todo foram registrados 443 furtos em todo Estado, ou seja, uma redução de quase 35%, em comparação com o ano passado. Quanto às ocorrências de roubos foram registradas 109, o que representa uma queda superior a 30%. Ainda foi verificada uma diminuição significativa dos crimes em vias públicas, pois neste período o movimento nas ruas aumenta consideravelmente, no caso dos roubos (-25) e dos furtos (-16%). As ocorrências de lesão corporal também apresentaram uma queda de 16%.

O titular da Sejusp, Antonio Carlos Videira, avalia esse resultado como muito positivo principalmente na Capital, onde houve um reforço no policiamento e que os números apresentaram uma queda de 36% das ocorrências de roubos, saindo de 91 ocorrências no ano passado, para 58 em 2019. “Quando falamos de crimes violentos a redução foi de 100%, neste ano não tivemos nenhum homicídio no período de Carnaval em Campo Grande”, destaca Videira. No ano de 2018 a Sejusp registrou dois casos.

“Os números apresentados são reflexo de uma atuação integrada das instituições da Segurança Pública que trabalharam de forma árdua e ininterrupta para garantir mais segurança para a população durante as festividades do Carnaval, além dos investimentos que foram feitos por pelo Governo do Estado, por meio do MS Mais Seguro na reestruturação das nossas forças policiais”, finaliza.

 

*Regiane Ribeiro 

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários