Renato Aragão deixa a Globo após 44 anos

junho 30, 202010:31 am

Globo têm feito inúmeras modificações e cortado nomes de peso do seu quadro de contratados. No embalo da crise financeira proporcionada pela pandemia, a rede não têm poupado nem mesmo os mais veteranos e já realizou inúmeros cortes na tentativa de enxugar os gastos.

Renato Aragão, inclusive, não terá seu contrato renovado após 44 anos como contratado da emissora carioca. Aos 85 anos, ele foi comunicado pela própria emissora sobre a não renovação do seu vínculo, a se encerrar nesta terça-feira (30). Criador do icônico Didi Mocó, responsável pela produção de inúmeras atrações e filmes memoráveis, em entrevista, o artista refletiu sobre sua saída.

“Para mim, ampliou meus projetos. Você não sabe como eu estou gostando. É uma nova etapa. Não paro nunca, sempre trabalhando. Eu me considero meio máquina, meio humano”, avaliou o famoso. “Nós chegamos a um acordo. Contrato é uma coisa simbólica. Continuo trabalhando na Rede Globo por projetos pontuais e faço projetos em outras plataformas. É a oportunidade de fazer também em outro lugar”, disse Aragão.

Ao longo das suas inúmeras atuações, seu último trabalho dentro da Globo havia sido por volta de 2017, quando ele, assim como Dedé Santana, participaram da – tentativa – nova versão da saga dos Trapalhões, onde participaram da primeira e única temporada do humorístico mal-sucedido.

Sucesso por onde passa, suas redes sociais somam milhares de seguidores: no Instagram, ele já totaliza 3,5 milhões, enquanto no TikTok, o famoso aplicativo dos vídeos curtos e bastante utilizado pelos usuários, já ultrapassou a marca de 1 milhão.

 

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários