Polícia faz operação contra ‘gatos’ de energia no Centro de Três Lagoas

maio 3, 201812:45 pm

Os famosos “gatos” – redes clandestinas de energia elétrica – crescem cada vez mais em Três Lagoas e viraram alvo de uma operação, nesta quinta-feira (3), deflagrada pelo Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil em conjunto com a Elektro, concessionária de energia responsável pelo abastecimento na região.

De acordo com a polícia, a “Operação Blackout” está concentrada na área central da cidade, em mais de 30 imóveis, além de algumas residências em bairros. Até o momento não foi divulgado o número de autuações e se houve prisões.

Os imóveis monitorados pela Polícia Civil já haviam sido vistoriados por fiscais da Elektro, que constataram os “gatos” na energia.  “A operação começou hoje, mas não tem data para terminar. A Elektro tem constatado vários furtos de energia através de fraude dos medidores em pontos comerciais e residências. Confirmando a fraude, o proprietário do imóvel ser conduzido para a delegacia ou autuado em flagrante por furto qualificado. Nesse caso, é um crime inafiançável na fase policial, a pessoa é encaminhada ao presídio e somente após a audiência de custódia poderá ser liberada por meio de ordem judicial ”, declarou o delegado Ailton Pereira, titular do SIG.

Segundo a Elektro, no ano passado, o furto de energia elétrica em Três Lagoas chegou a três milhões de kWh, quantidade suficiente para abastecer o município de Brasilândia, por 45 dias. Informou também que as equipes trabalham com o cruzamento de dados de consumo e inteligência analítica que permitem identificar as fraudes prestando auxilio à Polícia Civil para a realização das operações.

Foto: Polícia Civil

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários