PEDOFILIA: Homem é preso em Corumbá, acusado de abusar, estuprar e engravidar uma criança

março 19, 20191:44 pm
Casos como esse são muito comuns em fazendas na região do Pantanal. Foto: Policia Civil/MS

Na tarde desta segunda-feira,18, Policiais Civis da Delegacia de Ladário deram cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido nos autos nº 0000971-87.2019.8.12.0008 PELA 2ª Vara Criminal em face de A.A.C,32, acusado de estupro de vulnerável. Os Policiais Civis realizaram diligencias e culminaram por encontrar e prender o acusado nas proximidades da Rua Cabral, Centro da cidade de Corumbá.

Entenda o caso:

No dia 14 de agosto de 2018 fora registrado Boletim de Ocorrência na Delegacia de Ladário narrando a prática de estupro de vulnerável, haja vista que Adilson teria engravidado  uma adolescente de 11 anos de idade, culminado com a Instauração de Inquérito Policial e várias diligências.

Após a regular instrução do Inquérito Policial, com oitivas da vítima, testemunhas e indiciamento do suposto autor, estando presentes indícios de autoria e materialidade, o Delegado Titular de Ladário, Dr. Rodrigo Blonkowski representou pela prisão preventiva do acusado no dia 16 de agosto de 2018.

Todavia, inicialmente a prisão de A.A.C, fora negada pelo Poder Judiciário após manifestação do Ministério Público Estadual.

Ocorre que, após a decisão judicial fatos novos ocorreram. Ficara caracterizado o desrespeito à ordem judicial por parte de A.A.C,  o qual fora visto na maternidade municipal junto com a vítima, bem como se encontra morando com a adolescente vide minucioso Relatório de acompanhamento Psicossocial do CREAS de Ladário.

O Relatório concluído, com relação a adolescente que esta se relaciona desde seus 11 (onze) anos de idade com o autor (hoje com 32 anos). A família desde o inicio fora orientada e acompanhada, mas, mesmo diante disso não houve qualquer alteração na realidade da meneor, resultando no delito de estupro de vulnerável.

Após a prisão, ele passou por exame de corpo de delito e se encontra a disposição da Justiça.

O Delegado Titular de Ladário, Dr. Rodrigo Blonkowski enfatizou  que , “ casos como este infelizmente ocorrem com frequência na região. O Inquérito se encontra em fase de conclusão, podendo resultar inclusive na responsabilização dos pais da adolescente. A Polícia Civil, Conselho Tutelar e CREAS estão atentos e cada vez mais afinados buscando reprimir a exploração sexual de crianças e adolescentes”.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários