Mulher é esfaqueada pelo namorado ao recusar sexo por problemas de saúde

dezembro 28, 20185:20 pm
Homem está foragido e irá responder pelos crimes de tentativa de homicídio e porte ilegal de arma.

Uma mulher, de 33 anos, levou doze facadas ao se recusar manter relações sexuais com um homem, de 45 anos, nesta quinta-feira (27) em Lagoa Bonita Distrito de Deodápolis.

A vítima foi encontrada ensanguentada em residência da Rua Quino Falcetti no Distrito de Lagoa Bonita  e encaminhada ao hospital, consciente. Aos policiais, testemunhas informaram ter visto o momento em que o criminoso saiu correndo da residência.

O casal teria um relacionamento conturbado e a vítima, inclusive, já teria sido ameaçada por diversas vezes. Os policiais então chegaram a casa do suspeito, onde também foram informados por vizinhos que ele teria estado mais cedo no local, mas em seguida saído com uma bicicleta.

Na casa do suspeito foram encontradas dezenas facas e até uma espingarda de pressão sem marca aparente. Até o registro da ocorrência o criminoso ainda não havia sido localizado. No hospital, a mulher confirmou que as agressões começaram depois que ela se negou manter relações sexuais com o homem.

Ele a atingiu quatro vezes no tórax, uma no rosto, três nas mãos e quatro no braço esquerdo, e depois de esfaqueá-la ainda teria dito que se a mulher que caso ela fosse até a polícia, iria voltar e matá-la. Apesar da gravidade dos ferimentos a mulher estava consciente e sem risco de vida.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários