Marquinhos Trad veta redução da idade para o passe livre do idoso

janeiro 3, 201811:32 am
Entre motivos para veto justificou a falta de estudo de impacto da ampliação do benefício no valor da tarifa

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), vetou projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores da cidade, que reduzia de 65 para 60 a idade mínima para a concessão do passe livre do idoso no município.

No veto, publicado nesta quarta-feira (3), no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande), o prefeito aponta que a Procuradoria Geral do Município (PGM) se manifestou contraria a proposta, argumentando a falta de um estudo do impacto da ampliação do benefício no valor da tarifa e possibilidade de ocorrer um desequilíbrio no contrato de concessão.

Outro justificativa para barrar a proposta, é a de que o Estatuto do Idoso utiliza como parâmetro para a concessão da gratuidade no país, que as pessoas que forem se beneficiar tenham 65 anos ou mais.

COMPARTILHAR:

Comentários