Marquinhos Trad se reuniu com moradores do Jardim Bom Retiro nesta sexta feira

fevereiro 24, 20179:20 pm
Assessoria/PMCG

Marquinhos Trad quando assumiu a administração de Campo Grande e identificou a grave situação financeira da máquina pública foi  pedido apoio junto ao Governo do Estado para resolver a situação habitacional dos ex-moradores da Cidade de Deus, transferidas há cerca de um ano para outros bairros da Capital.

Nesta sexta-feira (24), o prefeito se reuniu com parte do grupo alocado no bairro do Bom Retiro onde, atualmente, vivem 136 famílias em situação de vulnerabilidade. Marquinhos deixou aberta a palavra para que as pessoas pudessem se expressar e falar de suas expectativas. De imediato, o chefe do Executivo Municipal assegurou o atendimento de algumas demandas como a ampliação dos horários de circulação da linha de ônibus para atender, principalmente, àqueles que estudam ou trabalham no período noturno e, também, vai viabilizar cursos de qualificação, visando colocação no mercado de trabalho.

“Identificamos que, no caso do Bom Retiro, grande parte das moradias tem a mulher como chefe de família, sendo que muitas delas estão sem fonte de renda. Vamos viabilizar cursos para qualificar essas pessoas e, assim, permitir que elas tenham condições de concorrerem às vagas no mercado de trabalho e, com isso, garantir a renda para o sustento de seus entes”, assegurou o prefeito.

Moradias

No dia 4 de janeiro, prefeitura e governo estadual firmaram uma parceria com a finalidade de construir e finalizar as unidades habitacionais para atender os ex-moradores da Cidade de Deus. O acordo aconteceu durante a primeira visita de Reinaldo Azambuja ao prefeito Marquinhos Trad e a vice-prefeita, Adriane Lopes.

Durante o encontro com a comunidade do Bom Retiro nesta tarde, o chefe do Executivo anunciou que as tratativas neste sentido com o governo já avançaram. “Coloquei a equipe da Emha para coordenar essa questão com o Governo do Estado e o processo caminha a passos largos. A nossa expectativa é de que ainda neste semestre possamos iniciar esse processo de construção das casas. Existem outras reivindicações da comunidade que vamos encaminhar de imediato, porém, a maior preocupação é entregar essas moradias”, destacou Marquinhos, que garantiu aos presentes seu apoio irrestrito.

O prefeito informou que irá encaminhar o serviço de patrola e cascalhamento na região, em atendimento às famílias que relataram a dificuldade de tráfego, principalmente quando chove.

“Penso que esse encontro foi muito produtivo, pois a presença de um prefeito aqui com a gente, que assumiu há menos de dois meses a cidade é, sem dúvida, inédito. Isso demonstra a boa vontade dessa equipe e alimenta nossa esperança de dias melhores”, ponderou a dona de casa Rosilene de Castro, 43 anos

A reunião com as famílias do Bom Retiro aconteceu na casa do jardineiro Rogério Carvalho, 30 anos, que falou da importância dessa aproximação do administrador público.

“O que a gente precisa é de alguém disposto a dialogar. Quando existe diálogo, existe entendimento e aí vem a solução. Quando uma comunidade como a nossa, com os problemas que enfrentamos, pede uma conversa com o prefeito, e ele cumpre sua palavra e vem, já percebe que a situação agora é outra. Por aqui existe uma expectativa, porém, os ‘ares’ hoje são outros, pois há um otimismo enorme da nossa parte”, destacou o morador do Bom Retiro, que no mês de março do ano passado mudou-se para o local com as demais famílias.

COMPARTILHAR:

Comentários