Luxo, criatividade e confusão marcaram desfile de fantasias 2018 em Corumbá

fevereiro 9, 201812:54 pm

Com casa cheia e muita alegria, aconteceu na noite desta quinta-feira (08), mais uma edição do desfile de fantasias, que marca oficialmente a abertura do carnaval de Corumbá. Pois, com a presença do Prefeito Marcelo Iunes, e algumas autoridades, a corte de momo foi coroada. O  Rei Momo Renan de Oliveira também recebeu a chave da cidade das mãos do chefe do executivo municipal dando o início à festa.

Fernanda Vanuccy e Adão Barbosa,  desfilaram na categoria “Hors Concours”, na qual cada participante recebeu da organização, o premio de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais).

Ao todo vinte e uma fantasias, confeccionadas com muita criatividade e luxo, desfilaram na passarela do Corumbaense Futebol Clube, divididas em quatro categorias: originalidade, luxo feminino, luxo masculino e especial. Todas concorreram a R$ 20.000,00 (vinte mil reais), divididos entre os vencedores das quatro categorias.

Durante o desfile da categoria luxo masculino, a passarela foi invadida por alguns carnavalescos que reivindicaram a desclassificação do participante Marcos Soledade, que descumpriu o Artigo 20, do regulamento da competição, pois recebeu ajuda de terceiros, após ter adentrado à passarela, atitude que é vedada pelo artigo citado.

Após o impasse, o participante foi penalizado com a perda de dez pontos, e não desclassificado. Mesmo com essa penalidade o carnavalesco ainda logrou o terceiro lugar na categoria.

Depois de três horas de desfiles, o resultado foi anunciado tendo como vencedores os seguintes participantes:

 

Categoria – Originalidade

1º lugar: Enir Amarilha – “O amor no cangaço”.

2º lugar: Luciano Pereira – “Tributo aos filhos da terra”.

3º lugar: Márcia Lins – “Elvira, a rainha das trevas”.

Categoria – Luxo Feminino

1º lugar: Rebeca D’Albinie – “Ka’a: a lenda imperial da erva-mate”.

2º lugar: Nadja Chauvet – “Tributo à Nadja Chauvet, a deusa do sol no carnaval”.

3º lugar: Fernanda da Silva Cruz – “O enigma da esfinge”.

Categoria – Luxo Masculino

1º lugar: Rafael Jiro Ferraz Higuchi – “Mapogo e sua frente de coalizão”.

2º lugar: Toninho Pluma – “Centauro”.

3º lugar: Marcos Soledade – “Fallen, o novo crepúsculo”.

Categoria – Luxo Especial

1º lugar: Claudinho Tasso – “Zípora, a guardiã dos segredos das feras”.

2º lugar: José Carlos Flores – “Fu-Ral, a primeira general chinesa”.

3º lugar: André Kelvin – “O baile de Máscaras”.

COMPARTILHAR:

Comentários