“Japonês da Federal” assume presidência do PEN no Paraná

abril 24, 201812:35 pm
Aposentado da PF, ele entra agora na política

 

O “Japonês da Federal”, Newton Ishii, agente da PF famoso por conduzir ilustres condenados da Lava Jato, entrou oficialmente para a política. Nessa segunda-feira (23/4), ele confirmou sua filiação ao PEN.

O japonês irá assumir a presidência do partido no Paraná. A decisão teria gerado questionamentos entre os colegas da PF, isso porque o PEN entrou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para barrar prisão em segunda instância, manobra considerada um golpe na Lava Jato.

Passado polêmico

Sempre de óculos escuros, Ishii ganhou fama por conduzir vários dos detidos na Operação Lava Jato à sede da Polícia Federal no Paraná. Ele virou até tema de marchinhas no carnaval de 2016.

Em junho daquele ano, porém, Ishii foi preso por crimes de corrupção e descaminho. Segundo a Justiça, ele teria participado de um esquema formado por agentes da PF para facilitar o contrabando na fronteira com o Paraguai. A pena de 4 anos foi convertida em regime semiaberto poucos meses depois e ele passou a trabalhar com tornozeleira eletrônica.

De acordo com a coluna Radar, Ishii poderia ter pedido a aposentadoria desde julho de 2017, mas permaneceu no cargo a pedido do empresário Marcelo Odebrecht. O empreiteiro não queria ficar um dia na prisão sem o agente, que o tratava muito bem. Ishii deixou o trabalho no mesmo dia em que Odebrecht foi para casa.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários