Internacional vence o Grêmio nos pênaltis e conquista a Copinha pela quinta vez

janeiro 25, 20201:31 pm
Jogadores do Inter comemoram a conquista (Foto: Marcos Ribolli)

O Internacional é o grande campeão da 51ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Após empate por 1 a 1 com o rival Grêmio na manhã deste sábado, no Pacaembu, na capital paulista, o Colorado venceu o Tricolor por 3 a 1 na disputa por pênaltis e conquistou a Copinha pela quinta vez em sua história, tornando-se, ao lado do Fluminense, o segundo time com mais conquistas  o Corinthians, com dez, ainda é o maior campeão.

O Grêmio saiu na frente, com gol contra de Tiago Barbosa, mas o Inter empatou na sequência com Guilherme Pato. Nos pênaltis, o Tricolor errou três cobranças e levou a pior diante do rival. O Grêmio segue sem títulos da Copinha.

Segundo maior campeão da Copinha, empatado com o Fluminense e atrás do Corinthians, que tem 10 taças, o Colorado conquistou o torneio nos seguintes anos: 1974, 1978, 1980, 1998 e 2020.

Primeiro tempo

Faltou capricho na primeira etapa da grande final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Apesar de uma partida agradável nesta manhã de sábado no Pacaembu, as duas equipes não conseguiram criar grandes chances. Com boas atuações dos meias Diego Rosa, do Grêmio, e Cesinha, do Inter, boa parte da partida foi travada no meio-campo, mas na hora da finalização os atacantes pecaram e as defesas foram bem para impedir arremates.

Na única chance mais clara, Fabrício aproveitou vacilo da defesa, invadiu a área, mas bateu por cima do gol.

Segundo tempo

A etapa final ganhou momentos dignos de uma decisão. Aos sete minutos, o Grêmio abriu o placar com gol contra de Tiago Barbosa, do Inter. Na comemoração, Alison Calegari, que já tinha cartão amarelo, subiu no alambrado para vibrar com a torcida, levou o segundo e foi expulso. A reação do Colorado foi rápida. Matheus Monteiro avançou pela esquerda e cruzou para Guilherme Pato empatar. Depois disso, virou jogão.

O Inter acertou a trave com Praxedes, Elias parou no goleiro Emerson após grande jogada. Os dois times tiveram chances para conquistar o título do tempo normal, mas o empate prevaleceu, e a decisão foi para os pênaltis.

Os pênaltis

O Inter venceu a disputa por 3 a 1. Pelo lado do Colorado, Matheus Monteiro errou, e os gols foram marcados por Cesinha, Tiago Barbosa e Carlos Eduardo. No Tricolor, três erros (Vitor Prado, Wesley Moreira e Gabriel Gonçalves). Gazão fez o gol.

Prêmio Dener

Elias, do Grêmio, venceu uma disputa voto a voto com Nicolas, do Inter, para levar o troféu de gol mais bonito da Copinha.

 

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários