Incêndio destrói boxes de comércio popular na linha de fronteira

dezembro 4, 20171:14 pm
O fogo começou do lado paraguaio e atingiu comércios em Ponta Porã, por volta das 23h (de MS), de domingo. – Foto: Mauro Almeida

Um incêndio destruiu vários boxes comerciais na linha de fronteira do Brasil com o Paraguai. Comerciantes dos dois países e o Corpo de Bombeiros de Ponta Porã, no sul de Mato Grosso do Sul, trabalharam para controlar o fogo, que já foi extinto.

Moradores da região contaram que o fogo começou por volta das 23h (de MS) de domingo (3), do lado paraguaio, em Pedro Juan Caballero. As chamas se alastraram e atingiram também os comércios brasileiros. A cidade do país vizinho não tem Corpo de Bombeiros.

Construído em 2013 com dinheiro liberado por uma ONG da Europa, o camelódromo fica na Linha Internacional, a rua que divide as duas cidades. Como o Paraguai possui apenas uma brigada formada por voluntários, três equipes do Corpo de bombeiros em Ponta Porã ajudaram a controlar as chamas.

Pelo menos quatro mil litros de água foram usados pelos bombeiros brasileiros durante uma hora e meia de trabalho para controlar as chamas e evitar que o fogo se espalhasse para as outras barracas.

Na manhã de hoje os donos das barracas foram ao local para tentar resgatar algumas mercadorias, mas a maior parte do estoque ficou destruída pelo incêndio. Existem pelo menos 250 vendedores ambulantes no camelódromo. Ainda não se sabe a quantidade de boxes atingidos pelas chamas.

COMPARTILHAR:

Comentários