FRONTEIRA: Presos pela PF tinham armas capazes até de derrubar avião

junho 6, 201812:53 pm
Objetos apreendidos pela polícia – Foto: (Foto: Divulgação PF)

Uma operação da polícia federal deflagrada na manhã desta terça-feira em Mato Grosso Do Sul e no Espírito Santo desarticulou uma organização criminosa especializada em tráfico internacional de drogas e munições.

A operação ‘Fura 556’ envolveu pelo menos vinte policiais federais. Eles cumpriram quatro mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de Fátima Do Sul e Dourados, em Mato Grosso Do Sul, e Gurarapari, no interior do Espírito Santo.

Os policiais apreenderam uma carabina semi-automática calibre .22, munições de diversos calibres, inclusive de fuzil 5.56 e de pistola 9mm, uma prensa que seria utilizada para fazer tabletes de maconha, além de R$ 70 mil em dinheiro.

Os crimes investigados e desarticulados são o tráfico internacional de armas e de entorpecentes, falsificação de documentos e formação de organização criminosa. Segundo a Polícia Federal, as drogas e os armamentos eram obtidos em território paraguaio. Além disso, os criminosos também reuniam as ‘mulas’ que ficavam responsáveis pelo transporte dos produtos ilícitos para o espírito santo e a região nordeste.

Durante as investigações os policiais também apreenderam entorpecentes em Recife (PE).  OPERAÇÃO O nome da operação faz referência a forma como os integrantes da organização criminosa faziam referência aos fuzis 5.56, ou seja, “Fura 556”.

Os crimes investigados e desarticulados são o tráfico internacional de armas e de entorpecentes, falsificação de documentos e formação de organização criminosa.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários