FRONTEIRA: Pistoleiros executam ‘Riquinho do Whatsaap’ em academia

março 12, 201810:48 pm
Felipe Iván Diaz Villalba, conhecido como “Riquinho do Whatsapp”

Conhecido como o “Riquinho do Whatsapp” é executado a  tiros no interior de academia na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã.

O mesmo foi identificado como, Felipe Ivan Dias Villalba (36) vulgo “Milionário do Whatsapp” com passagem pela policia ao ostentar dinheiro nas redes sociais onde acabou preso e em seu poder encontrado um arsenal de armas. Na tarde de segunda feira (12) por volta das 19:30h, o mesmo se encontrava em uma academia denominada “Body Stronger Gyn” situado na rua Cerro Cora no bairro Mariscal Estigarribia na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã,

Segundo a polícia do país vizinho, o homem havia acabado de entrar na academia quando dois suspeitos chegaram e começaram a disparar. A vítima morreu próxima a uma esteira. Até agora ninguém foi preso e nenhum suspeito revelado. O motivo do crime ainda é desconhecido.

Felipe Ivan Diaz Villalba, de 36 anos, é conhecido no Paraguai, de acordo com a polícia, como o ‘Riquinho do WhatsApp’. No ano passado ele havia sido preso por ostentar dinheiro e joias na rede social. Ivan estava no regime semiaberto.

Os pistoleiros após praticar o crime subiram em uma motocicleta e fugiram tomando rumo ignorado, agentes da Divisão de Homicídios e da Policia Técnica apoiados pelo promotor de justiça Armando Cantero, realizaram os procedimentos de rigor e entregaram o corpo sem vida a uma funerária a pedido dos familiares.

 

COMPARTILHAR:

Comentários