Espanha desarticula rede sexual liderada por brasileiro

novembro 1, 201812:22 pm
Espanha desarticula rede sexual liderada por brasileiro Foto: ANSA

polícia espanhola comunicou nesta quarta-feira (31) que desarticulou uma rede de tráfico sexual comandada por um brasileiro que obrigava jovens transexuais a se prostituírem no exterior.

Segundo nota da polícia, a operação prendeu 13 supostos membros do grupo, apreendeu objetos usados para a prática de magia negra e santeria, usados para coagir as vítimas, além de ter resgatado 15 transexuais.

A investigação começou em fevereiro deste ano, a partir da denúncia de um desses jovens, que recebiam muitas vezes ameaças e eram agredidos fisicamente.

O líder brasileiro do grupo criminoso agia da Espanha e, com a ajuda de colaboradores, capturava no Brasil jovens em situação econômica precária, que eram levados ao país sob falsos pretextos de oportunidade de trabalho.

O compatriota arcava com os custos do translado, e assim a vítima já adquiria uma elevada dívida com ele. O jovem, então, era obrigado a se prostituir, consumir e vender drogas, sendo muitas vezes preso no quarto e impedido de sair, para que saldasse seu débito.

As ações aconteciam principalmente em um apartamento pertencente ao brasileiro, localizado no centro de Múrcia, na Espanha. A investigação ainda revelou uma conexão com outros prostíbulos da cidade e de regiões próximas, nos quais os donos trocavam entre eles as vítimas de exploração sexual.

Os 13 presos têm entre 19 e 60 anos e são de nacionalidade brasileira, colombiana, peruana, romena e espanhola.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários