DOURADOS: Presa suspeita de mandar matar idosa cadeirante; autor confessa

dezembro 5, 20179:42 am
Cadeirante idosa foi morta com dezenas de facadas foto -Foto: Sidnei Bronka

A policia prendeu uma mulher suspeita de encomendar a morte da idosa cadeirante que foi assassinada com cerca de 50 facadas, na noite de domingo, em Dourados.

Um homem foi preso ontem. Marcelo G., de 29 anos negou participação no crime mas, segundo a polícia, acabou confessando que tinha sido contratado para matar Nilza Fernandes, de 73 anos.

Um adolescente, filho da suspeita, J.C., de 44 anos, segue foragido. O rapaz teria participado do homicídio. Conforme a polícia, a suposta mandante disputava com Nilza a posse de um terreno.

O suspeito de matar, Marcelo, foi localizado ontem no Jardim Flórida e preso por militares da Radiopatrulha. Segundo informações da polícia, ao DouradosAgora, contra Marcelo havia um mandado de prisão em aberto por outro crime.

Segundo noticiado, Nilza Fernandes estava em casa, na Aldeia Bororó, quando alguém bateu à porta e chamou pelo nome dela. Quando saiu para fora, a cadeirante foi atacada com dezenas de golpes de faca que atingiram mãos, pescoço e rosto. A polícia estima que foram cerca de 50 golpes.

Conforme relato de uma testemunha, que falou com polícia, o autor esfaqueou Nilza que tentou se defender como pôde, caiu da cadeira de rodas e morreu em meio a uma poça de sangue.

COMPARTILHAR:

Comentários