Dois são presos durante operação do Gaeco que cumpre mandados em MS

maio 12, 202012:16 pm
São cumpridos 17 mandados de busca e apreensão em Ribas do Rio Pardo, Campo Grande, São Gabriel do Oeste e Dourados.

Dois funcionários públicos da prefeitura de Ribas do Rio Pardo foram presos na manhã desta terça-feira (12), em uma operação do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) denominada Combustão, contra o prefeito da cidade Paulo Cesar Lima Silveira (DEM), que já teve a casa vistoriada pelos agentes.

Em uma das casas de um funcionário da prefeitura foi encontrado uma arma de fogo, e ele acabou preso. Outro funcionário da prefeitura da cidade também acabou levado para a delegacia. Os nomes dos presos não foram divulgados. São cumpridos 17 mandados de busca e apreensão em Ribas do Rio Pardo, Campo Grande, São Gabriel do Oeste e Dourados.

Também são alvos o empresário Rinaldo Nunes; o ex-secretário de Administração, Aníbal Júnior; e o ex-diretor da secretaria de Obras, Paulo Roberto Santana. As equipes ainda foram ao posto de combustíveis do empresário, que já foi preso anteriormente na “farra das diárias”.

A investigação apura o desvio de recursos públicos na execução de contratos de aquisição de combustíveis, realizado por meio de abastecimentos fraudulentos e retiradas de valores em espécie em posto integrante do núcleo criminoso.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários