Detentos que ensinavam técnicas de desativar alarme e ‘cortar’ caixas de banco são alvos do Garras MS

março 14, 20191:02 pm
Alvos são investigados há cinco meses e cometiam ações criminosas em Mato Grosso do Sul e outros estados. Foto: Divulgação

A Delegacia Especializada em Repressão a Roubos à Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (14), em Campo Grande, operação para cumprir mandados de prisão contra detentos que, mesmo dentro da cadeia, participavam de crimes em agências bancárias de Mato Grosso do Sul e outros estados.

O delegado Fabio Peró, titular da unidade policial, disse os alvos são investigados há cinco meses. “Um deles é a pessoa quem ensinava a técnica de desativar alarmes, cortar caixas e também financiava o crime nas agências bancárias. Os outros também participavam arquitetando o crime e contavam com a ajuda de bandidos aqui fora”, explicou.

A investigação ressaltou que são ao todo 13 mandados de prisão. “Na maioria dos casos que investigamos, tinha um preso que sempre aparecia. A partir dele, começamos a desvendar a organização criminosa”, finalizou o delegado.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários