Corpo de Michael Jackson pode ​​ser exumado após surgirem novos acusadores de abuso sexual

março 8, 201911:26 am
Há pelo menos 11 novas vítimas que alegam terem sido molestadas e até mesmo estupradas por Jackson quando tinham entre sete e 14 anos.

O documentário ‘Leaving Neverland’, exibido pela HBO nesta semana nos Estados Unidos, causou mais controvérsia do que se imaginava. Após dois acusadores darem seus depoimentos sobre episódios de abuso sexual de Michael quando ainda eram crianças, foi alegado que 11 novos acusadores se apresentaram para contar suas histórias.

Segundo o portal Radar Online, os “acusadores” acreditam que as amostras de DNA irão provar que ele abusou de crianças e pré-adolescentes, deficientes e com doenças terminais ao longo de três décadas. “Há pelo menos 11 novas vítimas que alegam terem sido molestadas e até mesmo estupradas por Jackson quando tinham entre sete e 14 anos – e a lista está crescendo”, disse uma fonte ao site americano. O Rei do Pop morreu de um ataque cardíaco em 2009 aos 50 anos após ingestão de remédios prescritos.

A primeira parte do documentário ‘Leaving Neverland’ foi ao ar ontem à noite no Reino Unido. No especial de quatro horas, os ex-amigos infantis de Jackson, Wade Robson e James Safechuck, deram detalhes sobre como Michael Jackson os preparou e os abusou sexualmente antes de colocá-los de lado para fazer o mesmo com outros meninos.

A família do Rei do Pop entrou com uma ação judicial de vários milhões de dólares contra a emissora norte-americana HBO em uma tentativa de impedir que o documentário continue sendo exibido. Em entrevista ao tablóide Mirror, o primo de Jackson, Keith Jackson, 55 anos, alegou que Michael é a verdadeira vítima. “Michael amava as crianças, ele amava seus próprios filhos e amava as crianças em geral. É uma pena que ele tenha ido e a família tenha que defendê-lo agora. Michael doou milhões de dólares para tentar ajudar pessoas, salvar vidas de crianças e ajudar pacientes com câncer. Mas ao invés de Hollywood fazer algo positivo, eles, mais uma vez, tiveram que fazer um filme completamente depreciativo e ofensivo. Eu realmente acredito que a verdade se revelará”.

Falando sobre o impacto que as alegações estão causando em sua família, incluindo as crianças Prince, 22 anos, Paris, 20 anos, Prince “Blanket” Michael III, 17 anos, e Katherine, 87 anos, Keith continuou: “A família está muito chateada porque o pai deles já havia sido considerado inocente. Isso realmente fez com que eles percebessem que há pessoas ruins ​​por aí. Katherine está muito chateada, eles estão falando sobre o filho dela … eu estou preocupado com ela”.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários