Boselli é apresentado pelo Corinthians e lembra Tevez: “Tomara que consiga metade do que ele conseguiu”

janeiro 7, 201911:20 am
Atacante diz que rejeitou outro clube brasileiro para defender o Timão. Foto: Bruno Cassucci

Principal contratação do Corinthians para 2019, o atacante argentino Mauro Boselli foi apresentado nesta segunda-feira. O jogador de 33 anos estava no León, do México, e assinou com o Timão por duas temporadas.

Em entrevista coletiva, Boselli afirmou que preferiu o Corinthians a outro clube brasileiro  não citou qual.

Para mim, é um orgulho poder vestir essa camiseta, de um clube da magnitude do Corinthians, como o Boca. Chegar aqui é um privilégio, sei o que é esse clube, foi demonstrado pela torcida nas minha redes sociais e, quando cheguei no Brasil, me dei conta da magnitude dessa instituição. No momento em que apareceu a oportunidade de vir para cá, não duvidei em aceitar essa proposta.

Tinha proposta de outro clube brasileiro importante também, mas falei que queria jogar no Corinthians. Fisicamente, iniciei a pré-temporada com o León, me sinto bem, mas sinto falta do ritmo de jogo. Mas isso se consegue fácil. Nos próximos dias vou conhecer meus companheiros e me adaptar o quanto antes.

O argentino chega para disputar posição com Roger, Jonathas e Gustavo, outros centroavantes do elenco alvinegro, e apresenta boas credenciais. Em cinco temporadas no México, Boselli fez 130 gols pelo León, mais do que qualquer jogador por clubes brasileiros de 2013 para cá.

Ainda nesta segunda-feira, Boselli embarca para o México, onde vai resolver burocracias de sua transferência para o Corinthians e da mudança para o Brasil. A expectativa é de que ele se reapresente ao Timão até o final da semana.

Na chegada, o jogador foi lembrado da passagem de outros argentinos pelo Corinthians, sobretudo Tevez, campeão brasileiro em 2005. E disse que espera alcançar o sucesso do antecessor.

Sim, vi muitas partidas do Tevez, eu joguei com ele no Boca, eu o conheço desde criança, mas temos um estilo diferente. Eu sou mais de área, mais finalizador, e ele é mais um segundo atacante. Talvez eu não faça gols como ele fez, mas podem me comparar com um centroavante mais de área, outro estilo de atacante. O que Tevez fez aqui foi magnífico, tomara que eu consiga fazer metade do que ele conseguiu.

Sexta contratação do Corinthians para 2019, Boselli começou a carreira no Boca Juniors, jogando também pelo Estudiantes na Argentina. Ele venceu a Libertadores de 2007 pelo Boca e, dois anos depois, ganhou também pelo time de La Plata. Nesta edição, foi o artilheiro do torneio, com oito gols. Na Europa, jogou no Málaga B, da Espanha, no Wigan, da Inglaterra, no Genoa e no Palermo, da Itália.

Ele também passou pela seleção argentina, tendo disputado o Sul-Americano Sub-20 de 2005 e quatro partidas com a seleção principal, em 2009, sob o comando de Diego Maradona.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários